Fator V Leiden

Prazo: 30 dias Método: PCR/ RFLP
Material: sangue em EDTA (5ML)

O Fator V de Leiden resulta na resistência do FV a clivagem pela proteína C ativada, aumentando o risco de eventos vasoclusivos venosos, em portadores homozigotos ou heterozigotos para essa mutação. Os pacientes heterozigotos possuem um risco trombótico sete vezes maior e os homozigotos até 80% maior do que indivíduos controle. Os eventos trombóticos relacionados a esta mutação são comumente de origem venosa, acometendo principalmente vasos profundos de membros inferiores e menos frequentemente o sistema porta, veias superficiais e cerebrais.

Aceitamos os cartões:

tel

tel (27) 3314-3246
email dna@dnalab.med.br

Rua Hélio Marconi, 42, Bento Ferreira, Vitória - ES
©DNALAB 2014, Todos os direitos reservados.